Projetos a decorrer em 2021


Projetos cofinanciados pelo Programa de Financiamento a Projetos pelo INR, I. P.


INR.png


PROJETO 126/2021 Asas à Expressão

Através deste projeto, as pessoas com autismo, têm oportunidade de aperfeiçoar competências musicais, de expressão corporal e dramática, mas sobretudo comunicacionais, uma área lacunar para as pessoas com autismo. Objetivos: pretende-se o contacto com o meio artístico através de 2 grupos musicais e 1 grupo de expressão dramática. Visa assegurar a manutenção e aperfeiçoamento das competências musicais e promover o desenvolvimento pessoal e social através da expressão dramática, competências estas autoavaliadas pelos participantes e avaliadas pelos técnicos do projeto. Por outro lado, a disseminação das capacidades do público alvo, será avaliada pelo feedback dos participantes nas sessões de apresentação pública do projeto


PROJETO 127/2021 BeCool

A prática desportiva regular e os momentos de lazer são imprescindíveis para o aumento da qualidade devida de jovens com Perturbações do Neurodesenvolvimento e do Espetro do Autismo (PNEA). O meio aquático diminui a ansiedade, trabalha o tónus muscular e proporciona momentos de lazer, deixando os jovens disponíveis à aprendizagem e bem-estar. As colónias de férias permitem um momento de descanso, às famílias e de lazer e socialização pessoas c/PNEA. Decorre 4 dias, 3 noites, em estruturas da sociedade, com momentos de lazer, com pares sem deficiência; as famílias usufruem de momentos de respiro e descanso. Objetivos: promover a inclusão, competição saudável e a interação, ao mesmo tempo que se consciencializa a sociedade; Aprendizagem e aumento da qualidade de vida.


PROJETO 128/2021 @Happy

Este projeto permitirá a criação de uma ludoteca no CACI. Será um espaço completamente novo, com vários ambientes, que permitirá a estimulação de competências socio emocionais, cognitivas e psicomotoras. Objetivos: promover a igualdade de oportunidades a crianças/ jovens c/deficiência; desenvolver competências cognitivas, socio afetivas e comportamentos sociais adequados; criar um espaço lúdico, acolhedor, criativo e comunicacional que permita a estimulação e exploração das diferentes emoções; estabelecer relações de suporte que facilitem e estimulem a criação de relações interpessoais e intergrupais; potenciar a participação, autonomia e qualidade de vida, avaliando o impacto.